A JORNADA DE UM BOM LÍDER

Você provavelmente já ouviu falar da Jornada do Herói, também chamada de “Monomito”, sendo esta a principal estrutura das narrativas de sucesso, como: Harry Potter, Jogos Vorazes, Matrix, entre outros. Um belo exemplo de storytelling!

Atualmente, estamos vivendo em um momento difícil. Com o aumento do desemprego e a crise política e econômica, é preciso evoluir constantemente, devido ao volume de informações que recebemos e a necessidade constante de desenvolvimento.

Diante disso, muitos líderes se perguntam: “Como lidar com esse cenário nebuloso, sem desmotivar a equipe?”. Estamos passando por momentos ruins, isso é um fato. Mas toda época de crise traz consigo um grande aprendizado, afinal, quem nunca viu o herói ser quase derrotado e depois dar a volta por cima?

Percebemos que as pessoas conseguem ser como esses heróis e tirar algo bom de tudo o que está acontecendo, já que, mesmo com a fragilidade econômica e política, é possível ver as pessoas se capacitando mais, buscando conhecimento e informações de qualidade, dando o seu melhor nas empresas, ou seja, fazendo bem mais do que faziam antes dentro da bolha do comodismo. O fato é que os momentos ruins sempre trazem aprendizados e evolução, eles revelam verdades que estiveram omitidas anteriormente.

E você deve estar se perguntando: “O que tudo isso tem a ver com a Jornada do Herói, mencionada lá no início?”. É simples: se um líder entender um pouco de histórias e storytelling, vai saber como agir e o que esperar de um cenário repleto de incertezas, além de como dar apoio aos colaboradores, não deixando que desanimem e caiam em um abismo sem volta.

É aí que entra a Jornada do Herói, criada por Joseph Campbell, autor da obra “O Herói de Mil Faces”, em que estudou diversas histórias de heróis para ver o que tinham em comum no decorrer de suas trajetórias, do início ao fim. Campbell criou um modelo de como seria a jornada de transformação do homem comum em um herói. Além desse modelo ser muito utilizado nos filmes, também é usado no ambiente organizacional, com o intuito de motivar e propor metas aos líderes.

Veja os 12 estágios da Jornada do Herói, propostos por Joseph Campbell:

01) COTIDIANO: o mundo comum em que o herói vive antes da jornada começar. É onde há a consciência limitada de um problema;

02) CHAMADO PARA AVENTURA: o problema aparece, sendo um desafio ou uma aventura. É o momento em que há o aumento da consciência;

03) RECUSA DO CHAMADO: é a relutância à mudança, em que há a recusa ou a demora em aceitar a aventura ou desafio, muitas vezes por conta do medo;

04) ENCONTRO COM O MENTOR: é quando o herói supera a relutância e encontra um mentor que o faz aceitar o chamado, treinando-o para a sua aventura;

05) A PRIMEIRA TRAVESSIA: o herói abandona o mundo comum para entrar no mundo especial. É o comprometimento com a mudança;

06) TESTES, ALIADOS E INIMIGOS: é quando experimenta a primeira mudança, enfrenta provações, inimigos e encontra aliados, aprendendo as regras do mundo especial;

07) APROXIMAÇÃO DA CAVERNA OCULTA: o herói tem êxitos nas provações e prepara-se para uma grande mudança;

08) PROVAÇÃO SUPREMA: é a maior crise da aventura, de vida ou morte;

09) RECOMPESA: o herói enfrenta essa crise, vencendo seus medos e ganha uma recompensa: o elixir;

10) O CAMINHO DE VOLTA: o herói deve voltar para o mundo comum, que estava antes de sua jornada começar;

11) RESSURREIÇÃO: enfrenta mais provações, no qual deve usar tudo o que foi aprendido no caminho;

12) RETORNO COM O ELIXIR: volta para casa com o elixir que ganhou de recompensa e o usa para ajudar todos no mundo comum.

Trazendo essa Jornada do Herói para o cotidiano de um bom líder, ele passa por todas as dificuldades econômicas e políticas, do mercado e das mudanças que acontecem nele. O bom líder sempre aprende com isso! Aproveita o tempo de baixo orçamento para investir nas áreas que mais trazem resultados.

Os resultados que esse herói busca (elixir), é compartilhado com todas as pessoas que tem contato com ele no mundo comum. Esse bom líder sempre aprende com os erros, com os contratempos, consegue ter uma visão ampla do que estar por vir antes mesmo de dar o próximo passo. Em seu retorno, ele carrega os aprendizados e divide a experiência com seus colaboradores de forma educadora, produtiva e incentivadora.

Na trajetória deste bom líder, todos os dias ele vive as etapas dessa jornada, em suas escolhas, desafios, relacionamentos, etc.  É importante lembrar que vivemos diversas jornadas e devemos manter em mente que quando um chamado vem, tem início, meio e fim e, em cada etapa, há um novo desafio e aprendizado.

Líder, você nasceu para ser um super herói. A diferença de um Herói Líder Eficaz para outro Não Eficaz não está no seu super PODER, mas sim na sua capacidade de decisão e discernimento para atender ao chamado para a ação e passar por ele de forma construtiva e não destrutiva. De forma emocionalmente controlada e não abatido pelo descontrole. – Wivian Ramos

Líder, não deixe o herói dentro de você morrer. Aceite os chamados, enfrente os desafios, aceite ajuda de quem você confia e, no final de tudo, compartilhe as suas experiências para que os outros aprendam como ser um grande super-herói, assim como você.

Precisa de um mentor na sua jornada do treinamento? SOLICITE O CONTATO de um dos nossos consultores e veja como podemos ajudá-lo na sua trajetória heroína!

Leave a Reply

Your email address will not be published.